Como melhorar a sua criatividade

Como melhorar a sua criatividade
Por  Admin  |   30 nov 2016

Criatividade é o substantivo feminino com origem no latim creare, que indica a capacidade de criar, produzir ou inventar coisas novas.

A criatividade pode ser aplicada em qualquer área da vida. Ser criativo é "think outside the box" (expressão em inglês que significa pensar fora da caixa), ou seja, pensar de forma diferente. É ser original, não seguindo as normas pré-estabelecidas.

No âmbito das artes, a criatividade artística consiste na capacidade do indivíduo de criar obras com valor e com elevado grau de diferenciação em relação a outras obras. Uma obra criativa pode ser uma pintura, um livro, uma escultura ou um edifício, por exemplo.

Existem oficinas de criatividade, que são uma colaboração entre a educação e psicologia, e têm como objetivo potenciar o autoconhecimento e a aceitação de outros indivíduos. Estas oficinas usam técnicas como pintura, escultura, desenho e muitas outras para desenvolver o pensamento criativo e diminuir o stress.

A criatividade é uma qualidade adquirida por pessoas curiosas que buscam inspiração em informações e têm a sensibilidade de percebê-las de forma diferente. Pessoas criativas possuem comportamentos diferentes: são curiosas ao extremo, são persistentes, são bem humoradas, são independentes em seus atos e responsáveis por tais, possui rápida desenvoltura em atividades, fácil percepção, habilidade no aprendizado e ainda são grandes visionárias, já que conseguem prever as conseqüências possíveis de ocorrer em suas criações por erros ou imprevistos.

 

Para se desenvolver essa habilidade ao longo da vida deve-se adquirir hábitos como dormir no mínimo oito horas, anotar idéias que surgem no decorrer do dia para executá-las, caminhar ao ar livre, evitar locais que enfraquecem o cérebro com barulhos e excessos, traçar objetivos, utilizar o tempo ocioso a favor da criatividade, sempre fazer anotações, ser curioso em todos os aspectos.

 

Como dizia Thomas Edison “Minhas invenções são fruto de 1% de inspiração e 99% de transpiração”. E ainda Bernard Shaw (filósofo) “As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e, quando não as encontram, as criam”.

 

A criatividade é um elemento essencial no contexto do trabalho. Nas empresas, os funcionários criativos são muitas vezes recompensados, porque conseguem pensar em soluções eficazes para diversos problemas. A criatividade frequentemente resulta em soluções que permitem à empresa economizar ou criar produtos que aumentam o seu lucro.

Ela é o atribu­to de liderança mais desejado por CEOs, se­gundo pesquisa reali­zada pela IBM, que ouviu mais de 1 800 CEOs de 60 países. Apesar de valorizada, a competência é difícil de ser encontrada. De acordo com a america­na Creative Education Foundation, crianças de até 3 anos costumam usar 98% de sua capacidade criati­va, enquanto adultos acima de 30 anos costumam explorar apenas 2%. Essa diminuição expressiva está relacionada às experiências sociais da pessoa ao longo da vida - e o trabalho tem peso grande nessa queda. A questão, para qualquer profissional, é como cultivar uma competência tão importante sem se deixar abater pela mesmice corpo­rativa. Para ser criativo, é necessá­rio permitir que a mente navegue livremente, sem receio de que isso possa contrariar aquele conheci­mento formal que temos e de pare­cermos errados.

 

Dentro de uma empresa é muito comum haver repressões a novas ideias, e isso faz com que os funcionários sintam receio de expor suas ideias. Durante os processos de traba­lho, é importante prestar atenção nas frases que matam a criatividade.

Exemplos desse tipo de comporta­mento aparecem em perguntas como "Essa ideia trará resultados financeiros garantidos?" ou em afir­mações como "Não estou aqui para inventar, estou apenas tentando fazer o meu trabalho". Frases assim são sintomas do medo de arriscar e fazer diferente. Repetido diariamen­te, o receio acaba minando o pro­cesso criativo. Afinal, é a cada "tes­te" mal sucedido que o cérebro faz novas associações e aumenta a ca­pacidade de ter ideias e inovar. Uma grande ideia depende de incessantes tentativas de compor associações incomuns, de pensar coisas que nin­guém jamais foi capaz de executar.

 

O princípio que move a inovação é o fato de que criatividade também é exercício e, como tal, quanto mais estimulada, mais ela se manifesta. Para que uma empresa adote medidas de estímulo à criatividade dos seus funcionários, ela deve, em primeiro lugar, acreditar que as ideias de hoje são soluções para os problemas atuais e também de amanhã.

 

Então, mostre-se aberto e receptivo a todas as ideias, por mais absurdas que elas pareçam. Julgar, criticar ou condenar uma ideia é impor limites à criatividade, por isso é preciso evitar tais posturas. Integrar funcionários através de vivências em outros setores, criar um treinamento que ofereça uma visão geral dos processos da empresa e promover periodicamente o debate entre as áreas é um ótimo começo para atingir níveis de criatividade sistêmica dentro de uma empresa.

 
 
 

Tags

Fale Conosco

Entre em contato para solicitar um orçamento.

Nome
Email
Telefone
Mensagem

Newsletter

Fique informado das novidades, promoções e dicas para tornar a sua empresa ainda melhor.

você deseja adicionar Easy na sua tela inicial!

SIM EU QUERO!