Inteligência Artificial

Inteligência Artificial
Por  Admin  |   17 jul 2018

Ano após ano, cresce o interesse das pessoas e das empresas pelo tema Inteligência Artificial (IA) e, atualmente, existem várias técnicas nesse ramo da ciência da computação e acredita-se que muitas outras surgirão.

Dois exemplos práticos de AI (abreviação de artificial intelligence, em inglês) são a classificação e a otimização das informações processadas que dão à máquina o poder de aprendizado e, com isso, ela consegue cruzar dados para solucionar ou minimizar energia, dados, tarefas e ou processos.

O que é Inteligência Artificial?

Em resumo, trata-se de um ramo tecnológico e científico que tem o objetivo de pesquisar, desenvolver e criar máquinas cada vez mais autônomas e inteligentes com base nas informações que são fornecidas a elas.

Inteligência Artificial IA, é o aprendizado sobre um assunto, que gera a inteligência similar a de humanos, permitindo perceber, tomar decisões e resolver problemas sobre o assunto, esta inteligência é aplicada sobre softwares, sistemas e robôs para automatização e melhorias.

Hoje, a inteligência artificial já está presente em games, programas, aplicativos, robótica, reconhecimento de voz, chatbots e outras tecnologias.

Como surgiu a IA?

Pesquisadora e autora de livros de influência na área da Inteligência Artificial Pamela McCorduck descrevê IA como “um desejo antigo de forjar os deuses”.

Tudo indica que essa ciência nasceu na década de 40, com a invenção do primeiro computador digital programável chamado de “Colossus”, desenvolvido para processar cerca de 5.000 caracteres por segundo. Após o surgimento do Colossus, cientistas começaram a discutir a possibilidade de construir um cérebro eletrônico.

Com o passar dos anos, surgiram várias linhas de estudo e, a partir de 1960, passa a ser chamada como conhecemos hoje: Inteligência Artificial.

Como funciona a IA?

Controversa, mas já muito presente no nosso dia a dia, a Inteligência Artificial necessita da união de várias tecnologias para ser executada de forma efetiva. Para alguns especialistas, três fatores são necessários:

  1. Equipamentos com grande poder de processamento de dados;

  2. Padronização de dados otimizados, que analisem e processem as informações;

  3. Constante produção de conhecimento e dados para nutrir esses modelos.

Uma boa prática recomendada para os desenvolvedores dos softwares de inteligência artificial é a aplicação de regras e “barreiras” para restringir a atuação dessa fora do propósito para o qual a IA foi criada.  

Inteligência Artificial hoje

Apesar da Inteligência Artificial já estar presente no cotidiano das pessoas e das empresas, nem sempre ela é facilmente identificada. Confira três exemplos muito populares:

  • Google: ferramenta de auto preenchimento no buscador, que indica sugestões de resposta com base no seu comportamento online por meio dos dados de navegação e temas mais pesquisados.  

  • Siri: assistente virtual para usuários de iOS, macOS e watchOS, disponível para os produtos iPhone, iPad, iPod Touch, Apple Watch e Mac.

  • Facebook: reconhecimento facial para marcação de pessoas em fotos.

Essa nova onda de inovação ainda está apenas no início, dessa forma, ainda veremos nos próximos anos o seu desenvolvimento e avanço tecnológico. Quem viver verá!  

 

Tags

Fale Conosco

Entre em contato para solicitar um orçamento.

Nome
Email
Telefone
Mensagem

Newsletter

Fique informado das novidades, promoções e dicas para tornar a sua empresa ainda melhor.

você deseja adicionar Easy na sua tela inicial!

SIM EU QUERO!