Ataques cibernéticos via phishing aumentaram 100% em 2020

Ataques cibernéticos via phishing aumentaram 100% em 2020
Por  Admin  |   10 fev 2021

Na internet, usamos nossos dados em todo lugar: ao comprar um novo produto, ao se inscrever em um curso e até para criar uma conta de e-mail. Mas, o que poucos sabem é o quanto os dados são valiosos para os cibercriminosos, que se aproveitam de usuários inexperientes para roubar informações pessoais e aplicar golpes. Entenda, a seguir, qual foi o impacto da pandemia da Covid-19 no aumento de casos de crimes pela internet e conheça quais foram os golpes mais populares no ano passado, para ficar atento em 2021:

AUMENTO DE CASOS DE PHISHING 

Segundo o Relatório Anual de Atividade Criminosa Online no Brasil, no ano passado os ataques cibernéticos por meio de phishing aumentaram quase 100% em comparação ao ano anterior. Em 2019, foram registrados 24.161 casos no Brasil, já em 2020 as ocorrências passaram de 48 mil, representando um crescimento de 99,23%. O setor de e-commerce lidera o número de ataques alvo de phishing. 

Um dos fatores que influenciou o aumento dos ataques, segundo a empresa responsável pelo levantamento, foi a pandemia da Covid-19. Com muita gente trabalhando em regime home office, os usuários ficaram mais vulneráveis a ações virtuais maliciosas. Para não se tornar uma vítima, entenda mais sobre os phishing attacks e como proteger os seus dados na internet: 

O QUE SÃO OS PHISHING ATTACKS? 

Phishing é um termo derivado da palavra em inglês ‘fishing’, que significa pescar. O nome já diz muito: por meio do golpe, cibercriminosos tentam “fisgar” usuários para roubar dados pessoais como nome completo, número de identidade, CPF, contas bancárias, senhas, entre outros. 

Diferente do golpe clássico, por meio do phishing os criminosos induzem o usuário ao erro para que, voluntariamente, forneça informações pessoais ou execute determinada ação. Após passar seus dados, a vítima pode ter seu dinheiro roubado ou suas contas invadidas, além de se tornar alvo fácil de outros golpistas. 

QUAIS SÃO OS TIPOS DE GOLPES MAIS COMUNS? 

Os cibercriminosos usam e-mails, aplicativos e sites desenvolvidos com o objetivo de roubar dados pessoais. No geral, eles se passam por pessoas e empresas confiáveis para atrair a vítima. Existem diversos tipos de golpes de phishing, conheça os mais comuns: 

Blind Phishing

Mais popular entre os criminosos, o Blind Phishing acontece por meio do disparo de e-mails em massa.  Esse tipo de golpe não exige muita estratégia além do envio de links ou arquivos maliciosos que podem conter vírus, por exemplo. 

Phishing Scam

É uma estratégia para roubar dados por meio de links ou arquivos contaminados. Na maior parte das vezes, ao clicar em um link que acredita ser confiável, o usuário é induzido a preencher seus dados. O contato pode acontecer por qualquer lugar: e-mail, SMS, telefone e até pelas redes sociais.  

Smishing

Nem os SMS se salvam! O Smishing acontece através do envio de mensagens de texto. Normalmente as mensagens são alarmantes, estimulando a vítima a tomar uma decisão imediata. Resultados de sorteios ou avisos de endividamento estão entre as estratégias mais utilizadas. 

Clone Phishing

Neste tipo de golpe os criminosos desenvolvem sites falsos com o objetivo de persuadir o usuário a agir como se estivesse navegando em uma página confiável. O e-commerce é o principal alvo: os consumidores inserem seus dados como se estivessem efetuando uma compra segura, enquanto os criminosos já estão agindo para redirecionar a vítima para o site original da loja, e não perceber que caiu em um golpe. 

Vishing

Áudios ou chamadas de voz também podem ser uma armadilha! Utilizando o VoIP para não serem identificados, os golpistas enviam mensagens de voz com tom de urgência para provocar desespero na vítima, que ao tentar solucionar o problema depressa fornece suas informações pessoais sem pensar duas vezes. 

Pharming

Um dos tipos mais traiçoeiros do Phishing, o Pharming compromete o funcionamento de um site confiável a fim de direcionar os usuários para páginas falsas que instalam malwares. 

Phishing por Ransomware

Neste tipo de ataque o usuário recebe um link falso e ao clicar nele acaba instalando um malware no próprio computador, muitas vezes sendo um ransomware. Os criminosos não roubam apenas dados, mas também sequestram a máquina das vítimas, com todos os arquivos, e exigem pagamento de resgate. 

COMO SE PROTEGER DE ATAQUES VIRTUAIS?

Listamos alguns cuidados simples que podem ser tomados para evitar que você se torne uma vítima de Phishing, confira: 

Na dúvida, não clique

Quando a mensagem é enviada em texto com frases muito atrativas ou alarmantes, desconfie! “Imperdível”, “Você ganhou”, “Clique aqui para receber”, “Confirme para não perder”, “Seu nome está negativado”, “Seu cartão será cancelado” são alguns dos exemplos que podem entregar a intenção maliciosa do criminoso. Na dúvida, não clique!  

Não use senhas óbvias

O Relatório Anual de Atividade Criminosa Online no Brasil apontou que as senhas mais óbvias são vazadas com mais frequência, por isso, crie senhas difíceis de serem adivinhadas. Uma senha forte deve conter números, letras maiúsculas e minúsculas, além de caracteres especiais. 

Cuidado com links externos

E-mails e mensagens acompanhadas de links externos exigem atenção redobrada, já que podem abrir portas para uma invasão. Para verificar a autenticidade de um link é muito fácil, basta passar o mouse em cima dele para conferir a URL, mas fique atento, criminosos são especialistas em criar domínios falsos semelhantes aos originais. 

Suspeite de remetentes desconhecidos

Ao receber uma mensagem de um desconhecido, suspeite! Só abra a conversa ao se certificar de que se trata de um remetente inofensivo. 

Não baixe qualquer arquivo 

Arquivos automáticos ou pedidos de download sem necessidade devem ser evitados. Só baixe ou execute arquivos no seu computador se tiver certeza da procedência. 

Mantenha o seu antivírus atualizado 

Configure o seu antivírus para atualizar automaticamente para evitar que ele fique desatualizado. Os antivírus são ótimas ferramentas contra Phishing e outras práticas criminosas.

Certificado de Segurança SSL

Ao acessar um site, verifique se ele conta com o selo que garante sua segurança. Se não tiver o certificado, pense duas vezes antes de preencher seus dados pessoais! 

Agora que você já sabe quais são os tipos mais comuns de golpes de Phishing e como não cair neles, aprenda como proteger sua conta de e-mail para evitar clonagem. 

Gostou desse conteúdo? Nos siga nas redes sociais para saber mais!

 

Tags

Fale Conosco

Entre em contato para solicitar um orçamento.

Nome
Email
Telefone
Mensagem

Newsletter

Fique informado das novidades, promoções e dicas para tornar a sua empresa ainda melhor.

você deseja adicionar Easy na sua tela inicial!

SIM EU QUERO!